La Viela - Aprendizado de Calçada (part. Nog Costa Gold) Şarkı Sözleri

Na rua ninguém viu, quem viu?
Man, ninguém é burro de assumir a testemunha sobre refém
Retém, nem tem, ao ponto que se rendem
Quem tava na hora, viu a pistola
Tem medo de Hussein
Num tem beck que cês usem, que unem
Que impeça que a fome e a riqueza nunca mudem
Viu quem no flow, que curtem no show
Eles pedem, querem da minha alma tudo que me restou
Há! E eu já perdi a minha fé
Me olhavam da cabeça até meu pé
Mano cê não é né? Mano cê não é
Britadeira na cabeça que me fez ficar de pé
Eh! Engole seco a podridão e já se situa
Se você não é culpado, já põe na conta da rua
No topo pra chegar? Só sobrou os galo de rinha
E a moeda cambial na aposta é paga em farinha (cheirando)
Só mais uma suspirada pro menino desandar
A rua sente, então a rua vai cobrar
E cê fez merda, pode pá que vai voltar
Freestyle, pointline, nas redes sociais
Quem me dera o Golden Era numas tag nos murais
E pode pá, cê vai pisar
E quando a rua devolver, eu quero vê tu aguentar

A rua sente, a rua cobra
Eles procuram tudo que tenho
Sem ninguém se contentar com a sobra
Pesadelo e emoções causam em ambição
Em todas as situações tem vários pra retardar
Poucos quando eu falhar
Entre buzinas e sirenes hoje eu rendo o medo
Tomando o ar, nego sobe e desce
A firma nunca cresce
A rua me pede, a rua grita
Só que a rua nunca padece
A rua me sede, mas pergunta
Mas minha resposta esclarece
A rua te cobra se moscar
Mas se soma, fortalece
Tem gente que vive nela
Eu só uso de passagem
Passar água da rua
Escola da vida é viver na malandragem
Esquina é verbo do tumor
A dor naquilo quadrado
Beco e viela, movimento drugs
Hã, moiado! Na rua você vale o que tem no bolso
Se não tem algo interessante te excluem ao calabouço
Olhares atentos, olhares isentos
Na espreita, sempre alerta
Hoje em dia o menino de 12 anos não brinca, menina flerta
É muita mente danificada pra pouca mente esperta
Aprendizado de calçada pela maldição desperta
E fecha a conta, o que me conta
Hoje em dia é ideia certa

O que você faria? O que você faria
Se soubesse que na rua também tem sabedoria?
Eu até que poderia viver na minha varanda
Mas na rua tem oferta. Na rua tem demanda
Empaca a marcha, beats farsa
Ajuda pra testemunha
Pede breque que se mete, tropeça e perde a unha
Se não ficasse do agrado, eu pegava e recompunha
Até hesitei, não pararia a grafia
Só faltava os cheque
La’Viela melodia com a saúde e com os rap
A palavra é de prato
O silêncio ganha ouro
Experi que aqui ensina, assina de um calouro
Taco amargo olho torto perante a injustiça
Uns tão no lagarto
Outros tão na lagartixa
Resposta é ironia
Pontaria bang bang
Se lembra da batalha, mas se esquece do sangue
Gangue de MCs fazem free por ai
Como aprendizado de calçada e os menino
Tem diploma? Trilha fia
O que você faria se soubesse que a vida é palco de covardia flow
E não diria educação com omissão de um professor
Querem,querem, só me pedem um futuro com louvor
E eu tentei mais de uma vez
Eu sei que dói
Corre noite dia, correria te corrói, rói
Orem no porre. Mais um porre
Na rua vive e aprende, na rua ensina e morre
Injustiça cega aqui é roubado
Enquanto contar moeda na rua ainda é motivo de enquadro
Bu şarkı sözü 54 kere okundu.